Brazil: Barrier Free Tourism/Turismo sem Barreiras

| 0 TrackBacks

The first Brazilian national conference on inclusive tourism will take place from November 17 through 19 in the town of Canela, Rio Grande do Sul.

Congresso Ibero-Americano de Acessibilidade no Turismo
O Mercado de Consumo para um Turismo sem Barreiras

17, 18 e 19 de novembro de 2004 – Centro de Eventos do Hotel Continental Canela – Rio Grande do Sul - Brasil.

Ano Ibero-Americano da Pessoa com Deficiência

Promoção:
Instituto Pestalozzi de Canoas e FENASP/RS,

Patrocínios:

SEDH - Secretaria Especial dos Direitos Humanos
CORDE- Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora
de Deficiência – Governo Federal do Brasil
Ministério do Turismo – Governo Federal do Brasil
Apoios:
SETUR - Secretaria Estadual de Turismo do RS
Prefeitura Municipal de Canela – RS – Brasil
UCS – Universidade de Caxias do Sul – NUCAN – Faculdade de Turismo
e Hotelaria de Canela - RS
Câmara de Turismo RS
ABIH-RS - Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RS
Sindicato da Hotelaria e Restaurantes da Região das Hortênsias
Hotel Villa Bella – Gramado – RS
Cobrastur
PautaSocial- Assessoria e Comunicação
Scomazzon Design
Websharing-Tecnologia, marketing e conteúdo
ORTOBRÁS
FADERS
Federação das APAES do RS
FREDEF
FREC


Feira de Produtos Serviços e Tecnologias para um Turismo sem Barreiras:

Paralelo às palestras, estará acontecendo a “Feira de Produtos, Serviços e Tecnologias para um Turismo sem Barreiras”. A Feira será aberta ao público e tem como meta apresentar aos empresários do trade turístico os equipamentos, produtos, serviços e tecnologias que tornam a rede acessível. Visa a divulgação e sensibilização sobre o uso desses produtos junto aos agentes sociais, econômicos e governamentais, efetiva ou potencialmente envolvidos, promovendo a indispensável aproximação entre, pesquisadores, usuários, fabricantes e prestadores de serviços, profissionais, empresários da rede de turismo e lazer, pessoas com deficiência e o público em geral.
Contatos para comercialização da feira: Tribeca Eventos
eventos@tribecaturismo.com.br

Sessões Técnicas:

As sessões técnicas são espaços disponibilizados para apresentação de trabalhos relacionados às temáticas do evento, visando divulgar atividades de estudos, pesquisas, ensino, tecnologias, serviços, desenvolvimento de novos produtos e de cases.

As normas para apresentação de temas livres estarão disponíveis no site do congresso: www.turismosembarreiras.com.br
Maiores informações contatar com Tribeca Eventos
eventos@tribecaturismo.com.br – tel.: 54-286 1343

Sinta-se convidado e venha participar conosco de mais este importante mo (vi) mento .


COMISSÃO ORGANIZADORA

Presidente: Maria Beatriz Würth Lagranha
Coordenadora Geral do Centro Clínico e do Núcleo de Estudos Pesquisas e Eventos do
Instituto Pestalozzi de Canoas – RS - Brasil
Norma Moesch
Coordenadora do Curso de Turismo da Universidade de Caxias do Sul
Núcleo de Canela RS - Brasil
Terezinha Haas
Faculdade de Turismo e Hotelaria da Universidade de Caxias do Sul
Núcleo de Canela - RS - Brasil
Tissiane Schmidt
Assessoria dos Cursos de Extensão da Universidade de Caxias do Sul - RS - Brasil
Clarissse Trombka
Coordenadora Técnica do Centro Clínico do Instituto Pestalozzi de Canoas - RS – Brasil
Maria de Fátima Riche Aleixo
Bacharel em Turismo – PUCRS - Brasil
Idilia Fernandes– Assistente Social da FADERS – Fundação de Articulação e Desenvolvimento de políticas Públicas para PPDs e PPAHs no RGS-Brasil

Lúcia Maria Cardoso Centena
Diretora Pedagógica da FAPAERS – Federação das APAES do Rio Grande do Sul – Brasil
Luciane Dalbosco – Assessoria de Comunicação – Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer - SETUR – RS - Brasil

COMISSÃO CIENTÍFICA

Izabel Maria de Loureiro Maior
CORDE - Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência e SEDH - Secretaria Especial dos Direitos Humanos - Brasília - DF – Brasil
Maria Beatriz Dal Pont Branchi
Pró-Reitoria de Extensão da Universidade de Caxias do Sul - RS – Brasil
Susana de Araújo Gastal
Coordenadora do Mestrado Acadêmico em Turismo - Universidade de Caxias do Sul –
RS - Brasil
Sandra Ferrapontoff Lemos
Chefe do Depto.de Turismo e Hotelaria da Universidade de Caxias do Sul –
Núcleo de Canela – RS - Brasil
Alessandra Sant’Anna Bianchi
Docente da FAPA e Integrante do Núcleo de Estudos Pesquisas e Eventos do
Instituto Pestalozzi de Canoas - RS - Brasil
Luís Chico Vargas
Livre Acesso – Arquitetura Inclusiva e Acessibilidade – Porto Alegre – RS – Brasil
Jivago Peres Di Napoli
APTA Fisioterapia - Consultoria em Acessibilidade para PPDs - Porto Alegre - RS - Brasil
José Ubiratan Silva de Oliveira
Assessor de Comunicação Social da FADERS – Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para PPDs e PPAHs no RGS - Brasil


COMISSÃO FINANCEIRA

Elívia Kestner da Silva
Coordenadora Administrativa do Centro Clínico do Instituto Pestalozzi de Canoas - RS - Brasil
Heloísa Sartoretto
Seção de Contabilidade do Instituto Pestalozzi de Canoas - RS - Brasil
Theobaldo Willy Pilger
Docente da Faculdade de Administração - Universidade Luterana do Brasil
Membro do Conselho Fiscal do Instituto Pestalozzi - Canoas - RS - Brasil


PRESIDENTE DO CONGRESSO

Armando Würth
Presidente do Instituto Pestalozzi de Canoas - RS - Brasil


PRESIDENTES DE HONRA

Ministro NILMÁRIO MIRANDA
SEDH-SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS
Ministro WALFRIDO DOS MARES GUIA
MINISTÉRIO DO TURISMO


A filosofia do evento:

A sociedade representada pelo trade turístico pode contribuir de forma inequívoca para melhorar a qualidade de vida e bem estar de todas as pessoas com deficiência. O cidadão deve, sem discriminação, ter oportunidade de participar das atividades de turismo e lazer e, desse modo, se beneficiar das vantagens e benefícios que os mesmos oferecem.
Há que se reunir interesses e esforços visando descortinar esse novo nicho de mercado sob duas óticas: a dos negócios e a da promoção de cidadania. A consideração em particular pelos cidadãos com necessidades específicas não representa apenas uma questão de solidariedade, é um aspecto estratégico da evolução para uma sociedade onde todos deverão participar e contribuir para o desenvolvimento social e econômico do país, de acordo com suas características próprias.

Uma das formas, a longo prazo, de se reduzir os custos associados ao desenvolvimento de produtos turísticos aos cidadãos com necessidades específicas poderá consistir no desenvolvimento do conceito de "desenho universal". Da mesma forma, há que se discutir as políticas de transporte e mobilidade urbana uma vez que não existem destinos turísticos acessíveis, sem cidades acessíveis.

As barreiras arquitetônicas e urbanísticas, não são as únicas com as quais as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida se defrontam para fazer turismo. As atitudes constituem também importante obstáculo para que se sintam acolhidas e estimuladas a participar. A adequada preparação das pessoas que trabalham nos estabelecimentos da rede pode significar um fator diferencial.

O sucesso dessas atividades depende de uma efetiva cooperação entre os diferentes agentes sociais, governamentais e econômicos intervenientes.


Acessibilidade no Turismo: um bom negócio para todos:

O Brasil possui hoje 24,5 milhões pessoas com algum tipo de deficiência. Um contingente que equivale a população de muitos países. Diariamente, mais de 500 pessoas se tornam portadoras de algum tipo de deficiência, segundo dados da OMS.

São indivíduos que trabalham, consomem, utilizam serviços, enfim, que movimentam a economia nacional. São cidadãos muitas vezes esquecidos pelos poderes públicos ou relegados a consumidores de segunda categoria pela iniciativa privada. Pessoas que diariamente têm de vencer muitas barreiras para exercer sua plena cidadania e para ter seu lugar garantido na sociedade.

É preciso encarar a pessoa com deficiência como integradora de um grande nicho de mercado em potencial, cujas demandas ainda são pouco atendidas. Pesquisas demonstram o crescimento de procura ao Turismo para pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida. As pesquisas mostram que estas pessoas com necessidades específicas são multiplicadoras de passageiros, pois com freqüência estão acompanhados de familiares ou de um cuidador.

Para se ter a dimensão deste público, a SATH – Society for Acessible Travel & Hospitality - identificou, somente nos Estados Unidos , 39 milhões de potenciais turistas portadores de deficiência, já na União Européia eles somam 50 milhões.

É’ uma boa oportunidade para se discutir alternativas, identificar oportunidades de ampliar negócios e de promover a integração desses consumidores.


Os Objetivos do Congresso:

Ampliar a promoção do Turismo Acessível oportunizando às pessoas com deficiência e ou pessoas com mobilidade reduzida desenvolverem atividades de turismo e lazer.

Promover o intercâmbio entre países Ibero-americanos.

Sensibilizar os empresários para a incrementação do turismo interno e a captação de turistas estrangeiros portadores de deficiência ao Brasil.

Sensibilizar gestores públicos para a promoção de programas de mobilidade e acessibilidade urbana.

Mostrar a necessidade de implementar programas de capacitação e qualificação aos trabalhadores e estabelecimentos da hotelaria, da gastronomia, dos serviços de transportes e outros da rede.


O Público Alvo:

Prefeitos, secretários de turismo, secretários de planejamento, vereadores, deputados, presidentes de entidades de classe do trade turístico, empresários da hotelaria, da gastronomia, do comércio, dos transportes, agentes de viagens, operadores de turismo, parques temáticos, professores, formadores de opinião, guias de turismo, profissionais da área da reabilitação, arquitetos, engenheiros, técnicos e futuros profissionais destes setores, pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, representantes de entidades e de organizações afins.

As Sociedades Pestalozzi:

O movimento Pestalozziano no Brasil conta com 200 associações reunidas em torno da FENASP – Federação Nacional das Sociedades Pestalozzi. No Rio Grande do Sul existem hoje, três instituições: o pioneiro Instituto Pestalozzi de Canoas (fundado em 1926), a Associação Pestalozzi de Brochier (fundada em 2001) e a Associação Pestalozzi de Caxias do Sul (fundada em 2002).

O Instituto Pestalozzi de Canoas-RS mantém:
Uma Escola Especial, que oferece currículo escolar de ensino fundamental a alunos portadores de necessidades educacionais especiais; um Núcleo de preparação e encaminhamento para o trabalho; o Centro Clínico Thiago Würth e o Núcleo de Estudos Pesquisas e Eventos Erna Würth.

Programação: (sujeita a alguma alteração)

DIA 17 - quarta feira :

08:00 - Credenciamento

9:30 às 11:30
Fórum ABIH /Empresários/ Entidades / Legislativos / SEDH / CORDE / CONADE

09:00 às 12:00 - Mini Curso – 1:
A Acessibilidade para Pessoas Portadoras de Deficiência:
· turistas potenciais com necessidades especiais –
· enfoque atual para o mercado hoteleiro
Vagas Limitadas
Ministrante: Jivago Peres Di Napoli (RS)

09:00 às 12:00 - Mini Curso – 2 :
A capacitação dos meios de transportes para a acessibilidade.
· Preparando recursos humanos para os transportes terrestres
· Preparando recursos humanos para os transportes aéreos
· Transportando deficientes sensoriais.
Vagas Limitadas
Ministrante: Ethel Rosenfeld (RJ)

09:00 às 12:00 - Mini Curso – 3 :
Alternativas Turísticas Recreativas para Pessoas com Necessidades Especiais.
· A formação de Guias para o Turismo sem Barreiras
· Acontecimentos programados
· Técnicas de condução e expressão para atividades com pessoas cegas.

Vagas Limitadas
Ministrante: Martín Raúl Aranguren –(Argentina)


12:00 às 13:30 - Almoço


13:30 às 14:45 – Solenidade de Abertura
Apresentação Artística Cultural
Composição da mesa

14: 45 às 16:00 - Conferências de Abertura
· A Acessibilidade nas Políticas de Turismo – Novos Nichos de Mercado
Representante do Ministério do Turismo (DF)
· Inclusão Social e Turismo
Representante da SEDH – Secretaria Especial dos Direitos Humanos (DF)


16:00 às 16:30 - Intervalo


16:30 às 18:30
Parques Temáticos, pontos turísticos e grandes eventos: Como adaptar?
· Dr. Scott Rains - Parques Temáticos Internacionais (EUA)
· Representante do Bloco de Carnaval de Salvador – Bloco “Me deixa à vontade” - ABADEF – Associação Baiana de Deficientes Físicos (BA)
Moderadora: Prof.ª Terezinha Haas – UCS/Canela (RS)


18:30
Sessões Técnicas: Temas Livres e Depoimentos
Depoimento: Aldeia da Esperança – Gisele Lopes Reis – (SP)

Visita à Feira


DIA 18 (quinta feira)

08:30 às 10:00
Mini Curso – 4 – A Acessibilidade no Turismo
1ª parte: \
· Critérios de valorização da acessibilidade em um ambiente turístico
· Ajudas técnicas existentes no mercado para o turismo

Vagas Limitadas
Ministrante: José Ignácio Delgado Redondo (Tenerife/Espanha)

08:30 às 10:00
Mini Curso – 5 – 1ª parte:
Vagas Limitadas
Ministrante: Laramara ( a confirmar)

08:30 às 10:00
Mini Curso – 6 – 1ª parte:
Vagas Limitadas
Ministrante a Confirmar


10:00 às 12:30
Acessibilidade e mobilidade urbana: como sua cidade pode se preparar.
· Martín Raúl Aranguren –Técnico superior em Turismo Internacional – (Argentina)
· Arq. Maria Aparecida M. Teodorovicz – Instituto de Políticas de Planejamento Urbano de Curitiba - IPPUC – (PR)
· José Carlos Xavier - Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana – Ministério das Cidades – (DF)
Moderador: Arq. Maria Fernanda Nunes - UCS/Caxias do Sul (RS)


12:30 às 14:00 Almoço


14:00 às 16:00
Meu restaurante lucra com atendimento a pessoas com deficiência?
· José Antônio Isola de Lavalle – Consultor em Temas de Acessibilidade no Turismo (Peru)
· Idarí Alves da Silva - (MG)
Moderador: Jivago Peres Di Napoli (RS)


16:00 às 16:30 - Intervalo


16:30 às 18:30
Meu Hotel está preparado para acolher pessoas com deficiência?
· Apresentação do Livro “A Viagem” – Autora: Janice Silveira (PR)
· José Ignácio Delgado redondo – Técnico em Acessibilidade; Consultor e Criador do Portal Internacional de Turismo Acessível (Tenerife/Espanha)
· Luis Octávio de Lima Camargo - Fac.SENAC de Turismo e Hotelaria e Universidade Anhembi Morumbi (SP)
Moderadores: Representante da ABIH /RS
Maria Beatriz Würth Lagranha - Instituto Pestalozzi de Canoas (RS)


18:30
Sessões Técnicas: Temas Livres e Depoimentos

Depoimento: O Cão Guia Como Parceiro.- Ethel Rosenfeld (RJ)
Depoimento: Acessibilidade na Informática: construindo uma nova história.
-Clóvis Renato Kawski e Daniel Gause (RS)

Visita à Feira


DIA 19 (sexta-feira):

08:30 às 10:00
Mini Curso – 4 – A Acessibilidade no Turismo
2ª parte:
· A organização de atividades para pessoas com deficiências
· Fontes e formas de informações sobre turismo acessível
Vagas Limitadas
Ministrante: José Ignácio Delgado Redondo (Tenerife / Espanha)

08:30 às 10:00
Mini Curso – 5 – 2ª parte:
Vagas Limitadas
Ministrante: Laramara (a confirmar)

08:30 às 10:00
Mini Curso – 6 – 2ª parte:
Vagas Limitadas
Ministrante: a Confirmar


10:00 às 12:30
Operadoras de Turismo: Queremos Viajar! E agora? Temos roteiros adaptados?
· Operadora de Turismo (em confirmação)
· Edgar Werblowsky - Free Way Adventures – (SP)
· Silvio Zandonato – Refúgio Explorer -Turismo de Aventuras e Esportes radicais para pessoas com deficiência - (RS)
Moderadora: Norma Martini Moesch - UCS/Canela - (RS)

12:30 às 14:00 Almoço

14:00 às 16:00
Transportes Aéreo e Terrestre: Estamos preparados?
· Cia. Aérea (em confirmação)
· Arq. João Araújo – Infraero de Brasília – (DF)
· Ethel Rosenfeld – Capacitação de Recursos Humanos para Acessibilidade nos transportes - (RJ)
Moderador: representante da CORDE


16h às 16:30 Intervalo


16:30 às 18:30
Somos Consumidores: queremos ir as compras será que podemos?
· José Antônio Isola de Lavalle – Consultor em Temas de Acessibilidade no Turismo (Peru)
· Alan Cortez de Lucena – Advogado membro da OAB/SP (SP)
Moderadora: Adriana Fagundes Burguer - Defensoria Pública (RS)


18:30 - Encerramento

No TrackBacks

TrackBack URL: http://www.rollingrains.com/mt4/mt-t.cgi/550

Recent Entries

Disabled? No, Just a Bit Stiff.
The connection between Universal Design, aging, and travel continues to surface. A unique "massively multi-player future forecasting role-playing experience" designed…
Universal Design, Development, and Inclusive Tourism (Spanish)
De la revista Rèport Amèricas: Part I: Part II: Rèport Amèricas. Impresiones New Gate Media Editorial Turística, Año VI,…
Busqueda Laboral: Hotel Inclusivo en La Argentina (Spanish)
Noticas de la Argentina con una oportunidade profisional:       Está llegando... UNITE!!! Dejanos saber tu experiencia en un CV.    ¿Estudiaste…
Tools to Aid the Green Travel/Inclusive Travel Convergence
Editor's note: The following excerpt from Marcus L Endicott's blog may contain unfamiliar language but it you stick with it…
Benchmark Games: The Sydney 2000 Paralympic Games
Benchmark Games: The Sydney 2000 Paralympic GamesRichard Cashman and Simon DarcyWith a Foreword by Karen TighePublished in conjunction with…
Tanni Grey- Thompson on Travel
Dame Tanni Grey-Thompson takes the world on tour with her in the Mail Online article, "Celeb travel: Tanni Grey- Thompson…
A Proud Member of ENAT
TFA at the Best of Britain & Ireland: 28-29 March 2009
Tourism for All UK will have a stand (No 374) at this exciting new showthat invites you to explore…